Como economizar água em condomínio 7 Dicas incríveis

Dedetizadora

Tempo de leitura: 6 minutos

Como economizar água em condomínio

Como economizar água em condomínio 7 Dicas incríveis

Todos nós sabemos que é preciso economizar água em Condomínio, seja para manter sua quantidade e principalmente qualidade. Tomar banhos mais curtos, fechar a torneira quando for escovar os dentes ou lavar uma louça e até na hora de lavar roupa, todas essas dicas são necessárias e não podemos esquecer jamais. 

Como economizar água em condomínio

Mas morando em um residência se torna mais fácil esse controle, pois é uma única família e os hábitos são passados um a um, mas quando se mora em um condomínio, como manter as regras de economia, quando alguns moradores seguem a risca e outros não?

O síndico precisa estar atento a essa questão se quiser um condomínio com bons hábitos de economia, que será benéfico inclusive, no bolso de todos. Veja algumas dicas de economia de água para condomínios que serão eficazes para um consumo inteligente e sem faltar para ninguém. 

A importância da economia de água

Com 12% de toda água doce do mundo, o Brasil pode ser considerado um país abençoado só por esse quesito. Porém, ainda que tenhamos água aos montes, ela não é impossível de acabar, muito pelo contrário.

Como economizar água em condomínio 7 Dicas incríveis 1

O Brasil possui milhares de rios e afluentes, sendo muitos deles poluídos. Alguns ainda possuem algum tipo de consumo, mas pesquisas feitas em 2015, mostram que de 111 rios pesquisados, 23% possuíam água de péssima qualidade para consumo.

Além disso, a água não é só importante para consumo como beber ou tomar banho, mas para atividades domésticas, além de fundamental para produção de alimentos e inúmeros objetos.

Economizar a água é nosso dever com o meio ambiente, pois a falta de cuidado tem causado um grande desequilíbrio na natureza, além de ser um problema financeiro também, já que menos água para muita gente, requer um custo maior e portanto, mais um bom motivo para economizar nosso ouro líquido.

Máquina de compartilhamento de água

Essa é uma dica interessante para condomínios: a Máquina de compartilhamento de água são máquinas que purificam a água com até 5 filtros diferentes, sendo alguns deles por osmose reversa e luz ultravioleta, oferecendo ao moradores água mais saudável e com praticidade.

A iniciativa é uma forma de economia e preservação do meio ambiente, já que as pessoas utilizando seu próprio garrafão por exemplo, diminui o descarte do plástico, fazendo o reuso do produto. Além disso, o custo da máquina é dividido entre os moradores e o valor fica bem baixo, tornando a ideia bastante efetiva.

Outro ponto positivo é que a máquina oferece água á hora que quiser e sem limite de litros por morador, oferecendo mais economia, já que não possui mais a necessidade da entrega de garrafão de água ou filtros caros.

[embedded content]

Tenha horário para rega do jardim e use o menos possível de água

A maioria dos condomínios possuem jardins e áreas de convivência com área verde, precisando diariamente de atenção quanto ao gramado, flores e plantas no local. Fazer a rega é necessária e fundamental, mas pode ser economizada a água desse serviço, com apenas uma mudança simples:

Evite molhar o gramado com mangueira e faça uso de um regador. A mangueira pode ser a maneira mais rápida, mas consome mais litros de água. Com regador, á água é mais controlada e molha de forma mais por igual. 

Outra alternativa, no caso de jardins e áreas verdes maiores, é uso de irrigadores automáticos que consomem menos água e fazem o serviço sozinho. De preferência, faça a rega sempre pela manhã antes das 10 e a tarde depois das 4, horários que a incidência solar está mais fraca.

Aerador de bico de torneira

É possível que a torneira de todos os moradores tenham esse pequeno e simples dispositivo, porém pode haver ainda alguém que não utiliza e está tendo um consumo maior de água.

O Aerador de bico de torneira é um dispositivo que pode ser acoplado em qualquer tipo de torneira e deixa a água mais fluida, enquanto seu fluxo, de modo a oferecer mais economia. Uma torneira comum sem o aerador pode gastar até 20 litros de água por minuto, mas ao utilizá-lo, pode haver uma economia de 2 litros de água por minuto, com 60% de economia.

Lavando carro no condomínio

Em condomínios mais novos, a dica é sempre lavar o carro em um lava rápido, mas em prédios mais antigos, é comum que algum morador lave o carro no local e utilize mangueiras.

Lavando carro no condomínio

Se for liberado, o síndico deve aconselhar os moradores que fazem uso desse costume, a lavar o carro com baldes, pois o gasto é muito menor e evita respingos e sujeira em outros veículos.

Outra alternativa, e essa vale para qualquer condomínio, é lavar o carro a seco, com produtos que deixam o veículo limpo e com boa cobertura, mas sem a utilização de água, o que garante uma economia ainda maior.

Averiguar possíveis vazamentos de água

É importante que o síndico analise se todos os encanamentos externos do condomínio estão em perfeito funcionamento e sem vazamentos, além de orientar aos moradores a se atentarem para qualquer irregularidade em seus imóveis, quanto a vazamentos.

Vazamentos de água podem gerar uma perda hídrica considerável, principalmente se for um problema oculto e constante. É importante que os moradores afetados por um possível vazamento, entre em acordo caso o problema afete mais de uma moradia. Para vazamentos externos, o síndico deve informar aos moradores os devidos procedimentos e custos. 

Síndico, relembre os condôminos da importância de economizar água

O síndico é o gestor do condomínio e como tal, precisa estar atento a economia de água, além de sua qualidade. Quanto a economia, o síndico deve cobrar de cada morador o cuidado quanto ao tempo de banho, lavagem de roupas e reutilização da água por exemplo, para uso no vaso sanitário ou lavagem de banheiros. 

Já em relação a qualidade da água, é de obrigação do síndico analisar se a água está sendo fornecida pela rede pública sem cor, sem cheiro e sem gosto, com aspecto natural para consumo e uso.

Ou seja, de um lado o sindico pode cobrar, mas de outro será cobrado para que a água de cada morador seja de qualidade e saudável.

Dicas da Sabesp ensinam como economizar água

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *